Inspiração

Arquitetura, Engenharia e Design de Interiores, você sabe a diferença?

Sou arquiteto… sou designer de interiores… sou engenheiro…

Com certeza você já ouviu alguém dizer que exerce uma dessas profissões. Entendeu mais ou menos o que cada um faz, mas no fundo achou que era tudo a mesma coisa, certo?

Além disso, isso tudo te deixou ainda mais confuso quando precisou de um desses profissionais para lhe prestar algum serviço, seja para projetar um prédio, uma casa ou decorar cada ambiente, fazendo você perder tempo, dinheiro e também a paciência.

Afinal, qual a diferença entre engenheiro, arquiteto e designer de interiores?

 Pensando em tudo isso, fizemos esse post para esclarecer a diferença entre os três, exaltando suas funções, características e que tipos de serviços podem prestar para você. Confira:

O Engenheiro

Esse profissional tem como objetivo calcular e projetar estruturas e instalações, bem como gerenciar e executar obras. Sua função é elaborar construções e reformar casas, prédios, viadutos, estradas, dentre outras coisas.

De modo geral, o engenheiro usa seus conhecimentos para resolver, adaptar, desenvolver e aperfeiçoar mecanismos, produtos, estruturas e processos para atender as necessidades da sociedade. Em outras palavras, ele resolve problemas em relação à civilização, além de gerir equipes em grandes projetos, para que a obra tenha o acompanhamento necessário e seja concluída com sucesso.

Ele é o profissional preparado para acompanhar passo a passo a obra, analisando e decidindo qual a base necessária para o local, de acordo com as características do terreno, levando em consideração as mudanças de temperatura, vento e resistência dos materiais utilizados. Além disso, é função do engenheiro apontar as especificações de rede elétrica e hidráulica, se atentando também a prazos, custos, segurança e qualidade.

O Arquiteto

Esse profissional organiza e projeta espaços visando as normas, funcionalidade, conforto e composição. É o profissional mais habilitado, preparado e especializado para executar os projetos arquitetônicos, sempre com foco no uso do imóvel, considerando a disposição dos móveis, ventilação, iluminação, além de aspectos de sustentabilidade. Ou seja, o arquiteto é quem planeja e organiza os espaços internos e externos onde as pessoas vão morar, trabalhar e ter seu lazer, como em casas, prédios, museus, cinemas e teatros,

Desta forma, ele executa o projeto arquitetônico, coordena todos os projetos complementares, como estrutural, instalações, paisagismo, bem como a construção ou reforma de casas, edifícios e imóveis em geral, determinando desde os materiais que serão utilizados na obra até as equipes de execução, que incluiria as equipes de engenharia.

Um ponto diferenciador do arquiteto para o engenheiro, é que seus projetos são voltados para a parte da composição com a escala humana e, principalmente, de preservação do meio ambiente, aliando a harmonia, normas, conforto e funcionalidade de forma ecológica.

O Designer de Interiores

Como o próprio nome já diz, o designer de interiores projeta e estrutura ambientes internos, sempre visando o conforto e a funcionalidade. Ou seja, este profissional tem a função de planejar e organizar espaços, combinando os diversos elementos de um ambiente de forma harmoniosa.

Com isso, ele procura dispor em um único espaço os móveis, objetos e acessórios, incluindo cortinas e tapetes, planejando suas cores, materiais, acabamentos e iluminação, de acordo com o ambiente e o projeto selecionado.

Para tal, ele está sempre em contato arquitetos, marceneiros, pedreiros, pintores e eletricistas. Por isso, torna-se responsabilidade dele administrar cronogramas, prazos, orçamentos e o trabalho de marceneiros, pintores e eletricistas. Uma desvantagem, é que esse profissional não é habilitado para quebrar paredes e executar obras, somente os acabamentos de pintura, mobiliário e decoração.

Em obras de médio e grande porte, na maior parte das vezes o mais indicado é uma equipe multidisciplinar composta por arquitetos e engenheiros, aliando ambos os conhecimentos e especialidades.

Esse post foi útil para você? Esclareceu todas as suas dúvidas? Comente para nós o que achou!

Curta e compartilhe:

Posts relacionados